Benedito Santeiro

Benedito Eduardo de Carvalho, mais conhecido como Benedito Santeiro, é um dos mais conhecidos escultores sacros da atualidade. Ele nasceu em Conceição da Barra de Minas, cidade mineira próxima a São João Del Rei, mas atualmente mora em Nazareno, MG. O artista conta que a inspiração para o trabalho que realiza hoje vem desde a infância; ele freqüentava a igreja da cidade e se encantava com as imagens barrocas do século XVIII que ornavam a igreja. Benedito é autodidata; aprendeu seu ofício usando pedaços de madeira que pegava na marcenaria de seu pai. O trabalho do artista foi aos poucos seu trabalho foi chamando a atenção da família, dos amigos, dos moradores daquela cidade e não tardou muito, tornou-se um artista consagrado, um artista respeitado em todo o país.

Benedito Santeiro. Reprodução fotográfica Jornal Lavras News.

As obras de Benedito são conhecidas na Europa desde a década de 1970. Mais precisamente em 1972 o escultor confeccionou uma imagem de Santa Luzia encomendada pelo príncipe D. Miguel de Orleans e Bragança para uma igreja pertencente à família real portuguesa. Sua ida para Lisboa marcou a sua vida e obra porque teve a oportunidade de visitar inúmeras igrejas em Portugal e conhecer de perto a arte sacra daquele país. Hoje Benedito possui obras espalhadas por vários países, como França, Itália, Austrália, Chile, dentre outros. O então papa Bento XVI recebeu durante a sua visita ao Brasil uma imagem do Frei Galvão esculpida por Benedito. O papa ficou tão encantado com a escultura que enviou ao artista uma carta de agradecimento do Vaticano.

Benedito Santeiro, Nossa Senhora, madeira. Reprodução fotográfica www.acasa.org

Benedito Santeiro, Cristo crucificado, madeira. Foto autoria desconhecida.

O reconhecimento à obra de Benedito Santeiro tem surgido de todas as formas: de um simples elogio de um anônimo, passado por autoridades religiosas, artistas e de instituições publicas e privadas. O artista já recebeu homenagens do Palácio das Artes, em Belo Horizonte, da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, da Fundação Nacional de Artes (Funarte) e do Governo de Minas.

Benedito Santeiro, Santa Clara, madeira. Foto autoria desconhecida.

Além de trabalhar sem parar, Benedito tenta passar sua arte as outras pessoas. Com ele trabalha o aluno Fernando Altieres Pereira, um jovem artista que, segundo Benedito, "tem um futuro brilhante nesta área". E acrescentou: "Fernando será meu sucessor no meu atelier.

Benedito Santeiro, Santa Teresa, madeira. Foto autoria desconhecida.

As obras de Benedito Santeiro já foram expostas no Palácio do Catete, no Rio de Janeiro, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, em São João del-Rei, dentre outras cidades.

Fonte:

- LavrasNews, edição n. 579, de 13 de outubro de 2012.

Benedito Santeiro, Nossa Senhora da Vitória, madeira. Foto autoria desconhecida.

Benedito Santeiro, Santana Mestra, madeira. Foto autoria desconhecida.

2 comentários:

  1. tenho curiosidade quanto ao valor de suas peças e onde encontrar. Agradecida Lena

    ResponderExcluir
  2. Boa Noite,
    Vocês também possuem, dados e referencias de riscadores de milagres?
    Obrigada!!

    ResponderExcluir