Mestre Luiz Antônio

As mãos são calejadas, o rosto é sério, as palavras são poucas. À primeira vista, o mestre Luiz Antônio aparenta ser durão, fechado. Mas sem muito esforço, no compasso de uma conversa informal, aos poucos, o artesão “filho do Alto do Moura” em Caruaru, PE – como ele mesmo faz questão de se adjetivar – revela sua sensibilidade, diante do dom que o permite transformar barro em vida.


Mestre Luiz Antônio. FOTO: Daniela Nader

Mulheres negras trabalhadoras, parteiras, pescadores, sertanejos retirantes da seca e peças representativas das manifestações de fé do povo nordestino, marcas de um trabalho que reproduz, minuciosamente, os traços e a cultura do Nordeste. Com mais de 75 anos, sendo 52 deles dedicados à arte do barro, Luiz Antônio da Silva transformou a brincadeira de infância num ofício que hoje lhe dá o sustento e numa herança que já perdura por gerações. “Tenho 10 filhos, todos eles são artesãos também. Isso é um dom dado por Deus. Quem vive de arte, Deus ajuda e é feliz.”

Luiz Antônio, procissão, cerâmica policromada. Foto autoria desconhecida

Quando eu era menino, via meus pais trabalhando com o barro e comecei a fazer animais. Era uma brincadeira. Mas terminei crescendo, melhorando meu trabalho e me dediquei”, conta seu Luiz, que hoje é considerado um dos mestres da arte do barro, em Pernambuco, e já expôs suas obras no país todo e até no exterior – inclusive em Nagasaki, no Japão. “Sou discípulo de Vitalino. Todo mundo que trabalha com barro e faz esse trabalho é discípulo dele. Mas cada um segue seu estilo. Eu gosto muito de fazer peças representando as profissões, o nordestino trabalhador. E as pessoas gostam muito disso”.

Luiz Antôniobanda de pífano, cerâmica policromada. Foto autoria desconhecida

Luiz Antônio é um dos nove mestres artesãos – assim reconhecidos pelo Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) – que a Secretaria de Turismo de Pernambuco e a Empresa de Turismo de Pernambuco (EMPETUR) reúnem na Galeria dos Mestres do Guia Artesanato - Projeto Rota 232. O Guia foi lançado pela EMPETUR e cataloga também 42 espaços, entre ateliês, lojas e centros culturais, que permeiam a rodovia BR-232 em Pernambuco.

Contato com o mestre Luiz Antonio:
R. Mestre Vitalino, 285, Alto do Moura, Caruaru-PE
Tel: 81-3722-0417

Fonte: Secretaria de Turismo de Pernambuco

Luiz Antônioprocissão, cerâmica policromada. Foto autoria desconhecida

Luiz Antôniofotógrafos, cerâmica policromada. FOTO: Daniela Nader

Luiz Antônioretirantes, cerâmica policromada. Foto autoria desconhecida

Luiz Antônioprocissão, cerâmica policromada. Foto autoria desconhecida

Luiz Antônioretirantes, cerâmica policromada. Foto autoria desconhecida

Um comentário: