Itamar Julião

Itamar de Pádua Lisboa, mais conhecido como Itamar Julião, foi um importante escultor mineiro nascido na cidade de Prados em 1959. Falecido precocemente em 2003, Itamar fez história na sua cidade natal, deixando um importante legado artístico, não só para os seus familiares, mas também para toda uma comunidade. No município de Prados, mais de 700 famílias sobrevivem hoje do trabalho artesanal em madeira. A história sobre como isso tudo começou tem várias versões. Uma delas diz que um dia um circo passou pela cidade e um jovem que morava ali foi ver o espetáculo e se encantou com os leões e macacos. Quando chegou em casa, pegou um pedaço de madeira e esculpiu um leão.

 Itamar Julião. FOTO: autoria desconhecida

Itamar Julião tornou famoso o seu sobrenome, mas a história dessa família de escultores começou há muito tempo, com Julião Boiadeiro, que serrava réguas para montar currais e cabo de arreios para as selas. No caso de seu bisneto Itamar, o trabalho com a madeira iniciou-se a partir da observação do trabalho do pai, Zezinho de Pádua Lisboa, que criava cabeças de arreios para animais.

Itamar Julião, Leão, madeira. Reprodução fotográfica Galeria Estação, São Paulo, SP (www.galeriaestacao.com.br). Foto: João Liberato©.

Itamar Julião começou a esculpir obedecendo à temática religiosa; suas primeiras obras eram praticamente todas elas santos. Porém, sua consagração como artista se deu a partir de suas recriações de animais, como pássaros, macacos e especialmente leões, sua marca registrada. Dono de estilo vigoroso e acabamento impecável, seus "leões" foram adquirindo progressivamente tamanhos cada vez maiores e contornos cada vez mais característicos.

Itamar Julião, título desconhecido, madeira. Reprodução fotográfica autoria desconhecida.

Até sua morte, Itamar viveu em um sítio na periferia de Prados, onde trabalhava por encomenda. Por ter incentivado muitos de seus familiares a se desenvolverem na profissão de escultor, a arte da família Julião hoje se perpetua nas mãos de muitos de seus parentes. Entre esses, seu irmão Antônio é o que mais se destaca, com um trabalho original e criativo.

FONTE:
Lima, Beth & Lima, Valfrido. Em Nome do Autor. Proposta Edital, São Paulo-SP, 2008.

 Itamar Julião, Totem, madeira. Reprodução fotográfica Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, SP.

Itamar Julião, Totem (detalhe), madeira. Reprodução fotográfica Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, SP.

Itamar Julião, Leão, madeira. Foto: João Liberato©.

Itamar Julião, título desconhecido, madeira. Reprodução fotográfica Galeria Estação, São Paulo, SP (www.galeriaestacao.com.br). Foto: João Liberato©.

Itamar Julião, Casal pequeno de onças, madeira. Reprodução fotográfica Galeria Estação, São Paulo, SP (www.galeriaestacao.com.br). Foto: João Liberato©.

Itamar Julião, coluna de macacos, madeira. Reprodução fotográfica Galeria Estação, São Paulo, SP (www.galeriaestacao.com.br). Foto: João Liberato©.

Itamar Julião, algumas obras, madeira. Foto do evento de reinauguração da Galeria Estação – Foto: João Liberato©

5 comentários:

  1. Boa noite !
    Eu tenho uma escultura de Antonio Julião e penso em vendê-la. Se eu enviar algumas imagens é possível fazer uma avaliação, ainda que "grosseira" , à distância?

    Grato pela atenção,
    Marcus Vinicius.

    e-mail: marcus7cordas@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Boa noite! Fico muito feliz em ver as obras do Itamar reproduzidas mesmo que em fotos. Sou pradense como ele e tive o prazer de conviver com o mesmo até o fim de sua curta vida, visto que ele e meu pai sempre foram grandes amigos. Só tenho uma ressalva a fazer, este na foto não é ele, acredito que seja seu pai. Abraços e sucesso...

    ResponderExcluir
  3. Tenho fotos do totem acima, quando estive na seu sitio, em Prados/MG e ele estava terminando o totem.

    ResponderExcluir
  4. Alguém se interessaria em comprar uma escultura de Antonio Julião? Posso enviar fotos ...
    Obrigado!

    ResponderExcluir