Marcos de Nuca

Marcos Borges da Silva, o Marcos de Nuca, nasceu em Tracunhaém, Pernambuco. Ele é filho do mestre Nuca de Tracunhaém e um dos herdeiros de sua obra. Depois que o mestre Nuca ficou impossibilitado de trabalhar por conta de um acidente vascular cerebral, Marcos (o primogênito) e seu irmão Guilherme ficaram responsáveis por dar continuidade à obra do pai.

 Marcos de Nuca. FOTO: Portal do Artesanato Pernambucano.

Marcos iniciou sua vida de artista ao lado do pai quando tinha apenas 12 anos de idade. Aprendi muitas coisas com ele e com a minha mãe, Maria de Nuca. Ela quem inventou os cabelos cacheados dos leões e mandou meu pai fazer. Essa obra acabou ficando conhecida no mundo todo, conta Marcos. Inspirado no estilo do pai criou peças próprias, como os leões em pé e sentado, galinhas, peixes e jarros com cara de leão. A gente está continuando, diz Marcos. Os Leões, obras conhecidas e vendidas em todo Brasil, apresentam características como: cacheados, escamas, tranças e listas. Segundo Marcos, os detalhes acentuam a beleza das peças.

 Marcos (direita) ao lado do seu pai, Mestre Nuca. Reprodução fotográfica Banco Real.

 Marcos de Nuca, leao, cerâmica. Reproduçao fotográfica autoria desconhecida.

 Marcos de Nuca, galinha, cerâmica. Reproduçao fotográfica autoria desconhecida.

Contato com Marcos de Nuca:
Rua Manoel Pereira de Moraes, 110 - Centro- Tracunhaém
Tel: (81)3646-1478.

Marcos de Nuca, leao, cerâmica. FOTO: Ana Bratke.

Marcos de Nuca, leao, cerâmica. Reproduçao fotográfica autoria desconhecida.

Marcos de Nuca, leao, cerâmica (direita). Marcos trabalhando com o barro (esquerda). Reproduçao fotográfica Cartilha "Patrimonio Vivos de Pernambuco".

Marcos de Nuca, várias peças, cerâmica. Reproduçao fotográfica autoria desconhecida. 

6 comentários:

  1. Marcus,
    Fiquei muito feliz ao me debater com uma arte tão maravilhosa que até este momento só conhecia através de minha mãe Ivete Gomes da Silva e meu pai Rafael Pedro da Silva, é uma honra muito grande para mim fazer parte desta familia de artesões fabulosos como vocês...fica aqui algumas palavras de seu primo Beto de São Paulo, nunca abandone os seus sonhos e talento.

    ResponderExcluir
  2. O número de contato não funciona. Há outro?
    Grato,
    Guac

    ResponderExcluir
  3. Marcos. Voce pode me dizer onde, em Sao Paulo, eu poderia ver suas obras? Ou talvez voce possa me mandar un site, onde possa ver obras e precos? Vivo nos EUA e estou interessado em adquirir sua arte. Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lore,
      esse blog não pertence a Marcos de Nuca. Em São Paulo talvez vc encontre obras de dele na Galeria Brasiliana ou na Galeria Pontes.
      Att
      APB

      Excluir
  4. Bom dia Marcos,
    Somos da secretaria de Cultura de Araruama, Rio de Janeiro, e gostaríamos muito de entrar em contato com você para uma possível exposição e venda de seus trabalhos. Precisamos do seu número de telefone e email. Obrigada, Renata Castanho
    email: araruamacultura@gmail.com

    ResponderExcluir