Ismael Pereira

Ismael Pereira Azevedo nasceu em Capela-SE no dia 1 de Outubro de 1940. Aos 5 anos de idade muda com sua família para Aracaju onde prosseguiu seus estudos. Casado duas vezes, teve cinco filhos. Em Aracaju tornou -se empresário do ramo da publicidade e artista plástico. Realizou sua primeira exposição individual em Aracaju, na Galeria de Artes Álvaro Santos, em 1965. Neste mesmo ano, mudou-se para Arapiraca-AL. Ali foi fundador da Câmara Júnior de Arapiraca e de uma emissora de radio, foi integrante da Maçonaria e participante de diversas entidades no campo artístico e cultural da cidade. Ingressou na vida  pública em 1973, sendo eleito vereador por Arapiraca. Ismael Pereira foi também deputado estadual pelo Estado de Alagoas por três legislaturas.

Ismael Pereira, reproduçao fotográfica Prefeitura de Aracaju.

Ainda criança, Ismael dava sinais nítidos de familiaridade com o desenho. Com um pequeno pedaço de lápis, caco de prato, pedaço de pedra, desenhava figuras nas paredes, nas calçadas ou pedaços de papel. Já adulto, os primeiros trabalhos de Ismael Pereira eram figurativos, pautados especialmente na cultura do interior de Alagoas. Com a passar do tempo, o artista inovou ao lançar a série “Guerreiro das Alagoas”. Nesta série, os característicos chapéus dos integrantes desse folguedo lhe inspiraram composições geométricas, cujas linhas retas eram quebradas por estratégicas colagens de chita. Depois ele criou a série “Jangadas das Alagoas”, mostrando velas reduzidas a simples triângulos, agrupadas em sobreposições ou servindo de suportes a elementos decorativos. Mas, mais inovadora ainda, foi a série dos “Cajus”, na qual desconstruiu a fruta símbolo de sua terra, a ponto de transformá-la, num violão muito bem ornamentado.

 Ismael Pereira e seus gurreiros, reproduçao fotográfica O Jornal - Alagoas

 Ismael Pereira, reproduçao fotográfica Prefeitura de Aracaju. Foto: Alejandro Zambrana
´
Na seqüência, o artista descobriu a mandala, uma de suas obras mais famosas; dela se apoderou para criar composições com grande riqueza de detalhes. Sobre a evolução da sua arte, Ismael Pereira diz: “Às vezes, a gente tem que entender que o continuísmo pode se tornar sufocante e que é necessário que acompanhemos a mudança dos paradigmas em qualquer atividade. Na pintura, não pode ser diferente. Ainda que eu esteja palmilhando o terreno do chão dos mortais, sinto também o direito de fazer alguma coisa que verticalize a minha obra. Daí porque essa inovação”.

Ismael Pereira, mandalas, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica Jornal da Cidade - Sergipe.

Ismael Pereira, mandala, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica autoria desconhecida.

Ismael Pereira é membro da Associação Internacional de Artes Plásticas (sede em Paris), da Academia Alagoana de Cultura, da Associação Alagoana de Imprensa, da Casa do Poeta de Sergipe. Ao longo de sua carreira artística expôs em Salvador, Maceió, Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre. Expôs também na Cidade do México, onde realizou sua primeira mostra individual internacional. Participou ainda de exposições coletivas internacionais como a promovida pela Embaixada da Espanha, em Brasília, 2005, e a Feira Internacional de Arte de Lisboa em 2007. Em 2005 foi condecorado com a Medalha Inácio Barbosa pelo Governo Municipal de Aracaju. Atualmente, Ismael Pereira dedica-se às atividades nas áreas de publicidade e da cultura, sendo considerando um intelectual alagoano, pelo vasto conhecimento demonstrado em várias áreas sociais. As obras de Ismael são encontradas em lojas de arte/ artesanato principalmente de Maceió e Aracaju.

Fonte:
- Conexão artes visuais, Secretaria de Cultura de Sergipe
- Santos, Osmário. Jornal da Cidade – Sergipe
- O Jornal - Alagoas 

 
Ismael Pereira, anjo, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica Portal Cada Minuto.

Ismael Pereira, peixe, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica Portal Cada Minuto.

Ismael Pereira, reproduçao fotográfica Prefeitura de Aracaju. Foto: Alejandro Zambrana

Ismael Pereira, mandala, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica. Foto: Luiz Sousa.

Ismael Pereira, figuras do reisado, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica e-Sergipe.

 Ismael Pereira, cangaceiro, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica e-Sergipe.

Ismael Pereira, anjo, acrílica sobre cerâmica. Reproduçao fotográfica e-Sergipe. 

6 comentários:

  1. Esse é um dos maiores artistas do mundo!Amo .adimiro e respeito o seu trabalho!Que Deus o ilumine todos os minutos da sua vida!Obrigada por existir...

    ResponderExcluir
  2. Ismael, voce e muito especil.
    bjs

    ResponderExcluir
  3. Ismael, meu grande amor, não te esquecerei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Ricardo Leite (Capela)30 de novembro de 2012 21:03

    Seu Ismael, seu trabalho é fascinante, contagiante e desafiador. Parabéns!
    Att.
    Ricart

    ResponderExcluir
  5. Bom 2013 a você familia amigos e a arte.
    Sou uma colega que tenta entrar em contado com você.
    Bemvindo a www.marialuisa.se
    Cordialmente
    Mluisa



    ResponderExcluir