Tiago Amorim

Sebastião Wilson Ferreira de Amorim, o Tiago Amorim, é um pintor, desenhista, escultor, ceramista, gravador e pesquisador pernambucano. Ele nasceu na cidade de Limoeiro no dia 09 de janeiro de 1943, mas desde muitos anos mora em Olinda. Com mais de 30 anos de vivencia cotidiana com arte, já fez experiências com diferentes tipos e texturas de barro, tendo trabalhado em várias locais do estado de Pernambuco, incluindo Tracunhaém, cidade que tem longa tradição de abrigar ceramistas.

 Tiago Amorim. Reprodução fotográfica autoria desconhecida.

A obra de Tiago permanece fiel ao seu estilo, que mistura elementos da arte popular, em figuras retiradas da natureza, adicionando a elas formas elegantes e sóbrias. Seu universo é invadido por pássaros, peixes e mulheres moldados no barro, queimados crus ou esmaltados. Tiago Amorim é um dos herdeiros da pujança cultural de Pernambuco, mas não se prende fixamente a nenhum dos estilos mais conhecidos, passeando por vários deles para construir seu próprio traçado. Assim, embora flerte com a arte popular, com a erudição de Francisco Brennand e até com a história da influência da arquitetura portuguesa em Pernambuco, o artista sente-se livre para combinar esses elementos no seu repertório.

 Tiago Amorim, atobás, cerâmica. Reprodução fotográfica Galeria Pontes, SP (www.galeriapontes.com.br).

 Tiago Amorim, peixe, cerâmica. Reprodução fotográfica Casa de Valentina (www.casadevalentina.com.br).

Tiago Amorim, burro, cerâmica. Reprodução fotográfica Galeria Pontes, SP (www.galeriapontes.com.br).

Numa entrevista ao Jornal do Comércio, Tiago Amorim revelou que sua fase atual, mais que a pintura e a escultura, está na criação a partir da modelagem da argila. Conhecimento que aprimora desde os tempos de menino e suas passagens por cursos inacabados até a chegada em Tracunhaém entre os anos de 1959 e 1960. O encontro definiu seu caminho e a busca por uma identidade própria, até hoje defendida, sobretudo quando para combater a pirataria sobre sua própria criação, constantemente copiada.

  Tiago Amorim, pinha, cerâmica policromada. Reprodução fotográfica Casa de Valentina (www.casadevalentina.com.br).

Tiago Amorim é bastante conhecido nacional e internacionalmente e participou de diversas exposições, tanto no Brasil quanto no exterior, que lhe renderam vários prêmios. Às terças, quintas e sábados, o artista ministra oficinas de arte e cultura para crianças carentes e nestes dias seu ateliê é aberto ao público para visitas, tendo se tornado uma das principais referências da arte da histórica cidade de Olinda.

Contato com Tiago Amorim:
Rua Guaianazes, 141 - Jardim Fragoso- Olinda
Associação/cooperativa: APA - Associação de Produtores Artesanais
Contatos: (81) 3429-1230

 Tiago Amorim, atobá, cerâmica. Reprodução fotográfica Galeria Pontes, SP (www.galeriapontes.com.br).

 Tiago Amorim, gansos, cerâmica. Reprodução fotográfica Galeria Pontes, SP (www.galeriapontes.com.br).

Tiago Amorim, peixe, cerâmica. Reprodução fotográfica Portal do Artesanato Pernambucano

Tiago Amorim, atobás, cerâmica. Reprodução fotográfica Casa de Valentina (www.casadevalentina.com.br).

Video realizado durante a Fenearte-2011, Recife-PE


5 comentários:

  1. Mas que espaço fantasticamente brasileiro!
    Estou vibrando de alegria!
    Ainda tem gente que ama a Cultura Popular do Brasil e do Nordeste em particular.

    Parabéns pela divulgação e um abraço especial ao Tiago Amorim, esse grande ceramista!

    Obs: Queria ser seguidora, mas não consegui. Encontrei vocês no blog Caixa de Fatos da Dadi Silveira.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom um blog como este, aonde a gente enche os olhos com a criatividade. Lindos os trabalhos de Tiago. Conheci-o através do Fagner, em Olinda, na década de setenta. Já era ótimo naquela época.Perdi o contato com ele. fico feliz em ver seus trabalhos. Um abraço, Mestre Tiago !

    Mirabô - Natal RN

    ResponderExcluir
  3. Tiago,
    foi com muito prazer que conheci a sua obra e maior prazer em te conhecer aqui em Brasilia. Fique certo que na primeira oportunidade lhe visitarei.
    um abraço
    Carlos renato

    ResponderExcluir