Mestre Guarany

Francisco Biquida dy Lafuente Guarany, o Mestre Guarany, nasceu no dia 2 de abril de 1882 em Santa Maria da Vitória, Bahia. Ele era filho de um construtor de barcas chamado Cornélio Biquida dy Lafuente Guarany. Com seu pai, vendo-o esculpir as carrancas para as barcas que cruzavam o Rio São Francisco, aprendeu o oficio da madeira. Com a morte do pai passou a trabalhar com o imaginário, produzindo santos, altares e oratórios. Por falta de trabalho nessa área, Mestre Guarany passou a se dedicar a todo tipo de trabalho: da produção de barris para carregar água ao madeiramento de telhados. Em 1922, em busca de melhoria de vida, mudou-se para Bauru; mais tarde, de volta a Santa Maria, tornou-se o mais respeitado mestre das carrancas.

 Mestre Guarany. Reproduçao fotográfica Museu Casa do Pontal.

Em 1963, Mestre Guarany começou a colocar nome às suas esculturas e assiná-las como F. Guarany. A partir de então passa a ser considerado um escultor de grande força e personalidade e seu nome se consolida ainda mais entre os colecionadores de arte. Era geralmente ele quem escolhia o motivo para suas esculturas de barca, inspirado em figuras de um baralho português antigo, no dragão de São Jorge, no leão e no cavalo. A característica mais marcante das esculturas do mestre é a cabeleira das carrancas, espessa ou em relevo acentuado, abundante, cobrindo quase todo o pescoço. Mestre Guarany, era o mais antigo produtor destas figuras no Nordeste, a primeira foi feita em 1901: um busto de negro ou de caboclo. Só parou aos 97 anos. Mestre Guarany faleceu em 1987, aos 105 anos.

 Mestre Guarany, Salaô, madeira. Reproduçao fotográfica Lordello e Giobbi Leiloes.

 Mestre Guarany, Ituy, madeira. Reproduçao fotográfica Lordello e Giobbi Leiloes.

Mestre Guarany, Muritan, madeira. Reproduçao fotográfica Soraia Carls Leiloes.

As obras do mestre Guarany são encontradas em Museus e em importantes coleções particulares. Algumas delas ainda são comercializadas em leiloes de arte.

Fonte:
- Blog “Oficina Francisco dy Lafuente Guarany” (http://oficinafranciscodlafuenteguarany.blogspot.com). Acesso em 20.01.2011.
- Frota, LC. Pequeno Dicionário da Arte do Povo Brasileiro – Século XX. Aeroplano Editora, Rio de Janeiro, 2005.

 Mestre Guarany, título desconhecido, madeira. Acervo do Museu de História e Artes do Estado do Rio de Janeiro. Foto autoria desconhecida.

Mestre Guarany, Futhech, madeira. Reproduçao fotográfica Lordello e Giobbi Leiloes.

 Mestre Guarany, título desconhecido, madeira. Reprodução fotográfica Galeria Estação, São Paulo, SP. Foto: João Liberato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário